quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Hormônio Arriscado


Como eu já havia dito num post anterior, durante muitos anos a comunidade científica acreditou que o único efeito dos esteróides sobre os músculos seria por auto-sugestão psicológica. Algumas décadas se passaram até que viesse a comprovação (já sabida pelos atletas e treinadores) de que a testosterona aumenta a síntese de massa muscular.

Nos últimos anos, virou moda publicar estudos com camundongos e com voluntários tentando mostrar que o uso de doses altas de esteróides não influencia o comportamento. Quem tem experiência na área, entretanto, percebe a ênfase nas atitudes masculinas daqueles que usam doses superiores.

No mês passado surgiu um estudo que confirma (mais uma vez) aquilo que treinadores e atletas já pressupunham. Foi dosada a concentração de testosterona no sangue de mulheres que se deparavam com a seguinte situação: receber uma quantia garantida de dinheiro ou encarar um sorteio que poderia oferecer um prêmio maior?

Aquelas que tinham mais testosterona optaram com maior frequência pela aposta. Curioso que essa pesquisa me fez pensar que geralmente os vencedores (e também os apostadores, imagino) da mega-sena são homens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário